Incêndios florestais em Oregon forçam desocupação em massa

O fogo destruiu milhares de casas, tornando o Estado o novo epicentro de um grande surto de queimadas no oeste dos EUA; 25 pessoas morreram

Por Hora H 12/09/2020 - 20:17 hs
Foto: REUTERS/Adrees Latif
Incêndios florestais em Oregon forçam desocupação em massa
Os incêndios destruíram milhares de casas em dias no Oregon, EUA

Incêndios violentos devastadores em todo o Estado norte-americano do Oregon mantiveram meio milhão de pessoas sob alerta de desocupação na sexta-feira (11), mesmo quando os bombeiros aproveitaram a melhora do tempo para combater as chamas.

Os incêndios destruíram milhares de casas em dias, tornando o Oregon o mais recente epicentro de um grande surto de incêndios de verão que varreu o oeste dos Estados Unidos, queimando coletivamente uma paisagem do tamanho do Estado de Nova Jersey e matando pelo menos 25 pessoas.

Nesta semana, pelo menos 5 pessoas morreram em Oregon. A governadora Kate Brown alertou que o número de mortos pode crescer muito mais e disse na sexta-feira que dezenas de pessoas foram dadas como desaparecidas em três condados.

O chefe do Escritório de Gerenciamento de Emergências do Oregon, Andrew Phelps, disse que as equipes de resgate que vasculham as ruínas de meia dúzia de pequenas cidades destruídas estão se preparando para encontrar possíveis "incidentes de fatalidade em massa".

O noroeste do Pacífico como um todo vem sofrendo com um onda incendiária que começou perto do Dia do Trabalho, escurecendo o céu com fumaça e cinzas que assolaram o norte da Califórnia, Oregon e Washington com alguns dos piores níveis de qualidade do ar do mundo.

As tempestades de fogo, algumas das maiores já registradas na Califórnia e no Oregon, foram ampliadas por ventos fortes na região por dias em meio a um calor recorde. Os cientistas afirmam que o aquecimento global também contribuiu para extremos nas estações chuvosa e seca, fazendo com que a vegetação florescesse e depois secasse, deixando um combustível mais abundante para os incêndios florestais.