Caminhos da Vida

Como nossas escolhas determinam os rumos do nosso destino

Por Sérgio Rogério 16/06/2021 - 14:00 hs

Como a vida nos proporciona caminhar  por caminhos dos mais variados e diferentes, hora trilhamos por estradas, trilhas ou atalhos... 

Nesses dias que se seguem percebemos que gostos mudam, pois  já não são mais os mesmos. Aqueles cheiros  que amavámos já não nos parecem mais agradáveis e até as cores favoritas por vezes parecem perder a vivacidade, desbotam, ficam sem vida. Quando percebemos mudamos a direção, o rumo, o querer seguir pela estrada,  pela trilha ou pelo atalho. Só seguimos...

E nessa caminhada qual se chama vida, vezes andamos, horas corremos e em alguns momentos nos arrastamos... São tantos os esforços e as lutas travadas diariamente para chegarmos até aqui, onde estamos agora.

Vamos caminhando entre tantas perguntas, questionamentos, respostas prontas, certezas incertas, que com o tempo vão se esvaindo ou ao menos se acalmando. Tudo isso nos faz conhecer, o quanto tão pouco sabemos e o que verdadeiramente queremos... 

Sim, houveram momentos de frustrações, de vazio, de incerteza, de certezas e muitos sentimentos de insuficiência ou falta de fé.

Houveram esperas por tantas coisas... tantos acontecimentos... desde de uma nota até uma resposta de quem pensávamos querer... E algumas dessas esperas nunca deram em nada.

Nesses caminhos, trilhas e estradas vamos sendo forjados, moldados... Vamos sendo construídos e reconstruídos... Vamos receber mensagens  boas e, às vezes, ruins, bem como, outras que jamais saberemos se foram enviadas ou se foram recebidas.

Vamos sendo forjados e moldados por certezas e incertezas que nos perseguiram sejam pelos caminhos, estradas ou pelas trilhas dessa caminhada chamada vida.

Isso pode até parecer ruim, pode até doer, machucar e ferir... pode nos fazer  seguir, parar, recuperar as forças e depois escolher seguir em frente ou não. Pode nos fazer mudar a direção e simplesmente seguir...

Talvez seja isso que não sei, por isso mesmo digo talvez, seja a vida. Seja ela um rumo cheio de subidas, descidas, estradas, trilhas, atalhos, com direito a fazermos escolhas certas, incertas e, às vezes, erradas.

Talvez seja essa a jornada que podemos seguir, escolhendo, sim escolhendo, ainda que em alguns momentos nos pareça não ter opção, não pareça ter escolha, mas tem. Somos nós quem decidimos pegar um rumo, seguir um caminho, uma trilha, uma estrada ou passar por todas elas.

Porém, o mais importante é que, independentemente da escolha que  fizemos ou que fazemos, ainda podemos mudar o rumo de nossas vidas... Ainda podemos parar no caminho, avaliar qual a melhor direção e se devemos ou não seguir. Sim, houveram e ainda poderão haver mudanças de planos. 

E isso é sua a decisão, Trilhar um rumo se por um caminho, uma rua, uma viela, um atalho a por uma estrada larga ou estreita. Sim, é sua a decisão de um novo caminho.

Muitas vezes planejamos, parecemos estar preparados e outras nos preparamos com um propósito e direção.

Muitas vezes temos medo, receios e isso pode ser o motivo que precisamos para querer desistir. Não podemos nos permitir nos limitarmos ao medo, embora ele sempre irá nos acompanhar... E nós, somente no íntimo de cada um de nós, sabemos o quanto ele existe!

Lembrem-se: somos forjados e moldados com coragem, medos, certezas e incertezas, além de uma coisinha chamada intuição,. Todos são armas que temos para nos defender ou para nos ferir...

Isso é a vida!

Cheia de desafios internos e externos, cheia de escolhas até quando parece que não temos escolha. Isso é o que nos forja e nos molda e assim... será. E apesar disso ou por isso, seja ela de grande beleza!

Temos que seguir escolhendo por onde vamos andar. Eu fiz as minhas escolhas e cada um de nós faz as suas. Isso mesmo, temos e podemos escolher seguir por um caminho ou uma direção e até parar, descansar e resolver se devemos ou não, continuar. Sim, isso mesmo, depende somente de nós essa decisão!

E não adianta fechar os olhos, deixar o destino decidir. Pelo contrário, isso não muda o fato, isso é nossa escolha também. Por isso mesmo, devemos de olhos bem abertos, não  deixar nossa vida escapar, não podemos perder essa chance ou mais uma chance ou quem sabe, essa única chance.

Saiba que teremos dias  de certezas, dias dúvidas, dias de alegrias e dias de tristezas, mas teremos sempre a chance de escolher quais os dias queremos para nossa vida.  Saibam que inevitavelmente, aparecerão os difíceis. Sim! Mas depois da tempestade sempre vem a calmaria! Os dias se seguem e escolhemos qual o caminho queremos seguir. Às vezes eles podem ser difíceis, podem nos machucar, podem nos fazer estremecer, nos  desolar na mais completa solidão. Mas lembre-se: os dias passam e tudo pode ser diferente, depende das escolhas que vai tomar...

Suas decisões são os portais que abrem ou fecham portas, fazem você seguir ou desistir do caminho. Podem fazer algo mudar ou ficar tudo na mesma.

São suas escolhas, suas decisões que farão ou não mudar sua vida, farão  ou não as coisas acontecerem. Todos os caminhos que escolhemos trilhar vão aos poucos mudando quem somos, mudando a nossa maneira de pensar, de sentir, de ver o mundo. Essas mudanças vem acontecendo aos poucos, muda-se um pouco aqui, outro pouquinho ali e quando nos damos conta, já não somos mais os mesmos.

Mesmo sendo nós mesmos, não somos mais nós, como éramos. Quando despertamos nos damos conta, como vivíamos e já não estamos vivendo mais. Já nos encontramos trilhando uma nova rota, um novo caminho, uma nova vida.

Estamos vivendo uma nova fase, com outros planos,  um novo estágio com novas cores, cheios, sabores, com novos propósitos...

Saímos muitas vezes de um torpor, aprendemos que não adiantava arrumar desculpas, utilizar palavras que nos tirassem a responsabilidade, a nossa culpa pelas escolhas que fizemos, muitas pareciam definitivas sem volta. E isso também, era uma desculpa, assim como as palavras que machucam. São os caminhos que escolhemos sem ponderar, sem avaliar os riscos e seus reais perigos. Também aprendemos que na nossa vida, tudo é possível. Nunca só existe se quisermos ou deixarmos.

Esses caminhos nos forjaram, nos moldaram para o que hoje podemos, somos ou estamos tentando ser. Nesse hoje, mesmo cheios de desafios e incertezas, somos capazes de vê que o meu e o seu hoje, são frutos das nossas escolhas, dos caminhos que escolhemos seguir. Ainda que tenhamos feito escolhas, podemos mudar a rota e a direção, caso não estivermos seguros do rumo certo. Hoje consigo enxergar isso. Acredito que você também. Se ainda não, basta utilizar o seu querer. Isso mudou o meu caminho, e pode ter mudado ou pode mudar o seu. Eu sei, porque percorri por estradas, caminhos e trilhas e utilizei com toda certeza o meu arbítrio, a as minhas escolhas me fizeram chegar até aqui.

Tudo que passei eu sei, hoje sei, que foi por causa de minhas escolhas ou devido ao caminho que resolvi trilhar... não foi o acaso, o destino ou qualquer uma dessas desculpas. Fui eu.  

Nessa caminhada chamada vida existe algo que me leva a crer que tudo tem seu tempo certo, de acordo com as  escolhas que faço e não o contrário. Quando você sentir-se cheio de incerteza, com um grande vazio dentro de si, com uma desesperança sem medidas, se curve a Deus, respire  profundamente e chame por ele, se não tiver palavas só pense:  Pai, eis-me aqui. 

Daí em diante sua vida vai, no primeiro momento, parecer ganhar sentido. Depois você vai realmente entender que sua vida ganhou sentido.

Suas preces, no clamor do seu vazio, foram ouvidas e a resposta vai chegando pouco a pouco, conforme o rumo de suas decisões... Quando nos curvamos a esse Deus, ninguém fica sem resposta, nada fica sem sentido, não deixamos de ser nós mesmo. Agora sabemos quem somos e que nossa vida é fruto de nossas escolhas e dos caminhos trilhados, que podemos mudar ou melhorar quem somos. Nossa vida, no meio de tantas incertezas, ganha um sentido nunca sentido, entendemos que nosso caminho não foi em vão.

A nossa  vida,  cheia de caminhos, estradas e atalhos ganha um rumo, uma direção. Nossa vida, em meios a tantas certezas e Incertezas, vai dando certo. Então percebemos que estamos no caminho certo graças a nossas escolhas e por  termos, no meio de tantas certezas e incertezas, nos curvado no momento certo para clamar a Deus ! 

Que sua vida, mesmo que esteja sem um rumo, sendo percorrida em meios a estradas, atalhos e caminhos, seja uma vida que busque o verdadeiro e único caminho: Deus. Ao encontrar esse caminho não mais se sentirá vazio. E se em alguns momentos pensar em desviar-se do caminho, por medo, egoísmo, confusão ou por sentir sozinho e vazio, lembre: você pode escolher sua vida, basta conversar e ouvir a Deus.